Xana / Travessa da Ermida / 5 VIE art+design

Intervenção Urbana em Milão
Inauguração: 14 de abril 2018 – 19h Miart Feira de Arte Moderna e Contemporânea Milão (13-15/04/2018) e 18 de abril 2018 Salone del Mobile Milão (17-22/04/2018)

Press Release

Milano Design Week
www.5vie.it

Com a colaboração de ESAD.CR/LIDA

Fotografia: Ana Rostron
Xana (na sua exposição Labirinto, Teatro da Politécnica, 2017)



O Projecto Travessa da Ermida apresenta no coração histórico de Milão uma desafiante intervenção urbana do artista Xana. A inauguração da peça, realizada em colaboração com 5VIE art+design, integra a programação de dois eventos incontornáveis da cidade, a MIART – Feira de Arte Moderna e Contemporânea – e o SALONE DEL MOBILE. A Via Bagnera é transfigurada por um inusitado jogo de formas, cores e palavras.

A acção de Comunicação Urbana decorre no âmbito das actividades de 5VIE art+design, organização que se tem dedicado à renovação cultural da área que desde os tempos romanos é conhecida como 'Cinque Vie'. Nela confluem hoje, com o mesmo layout de há séculos, cinco antiquíssimas ruas, das mais características da cidade. Elas são as linhas com que se cose um itinerário que integra museus, igrejas, conceitos, sítios arqueológicos e pátios privados que convidam os visitantes a descobrir Milão de forma inovadora.

A peça de Xana explora a noção de lugar através de uma elegia à vida e à luz, por oposição ao escuro, à morte e ao egoísmo do mercado. A obra propõe uma interacção entre texto e espaço, narrativa e cultura visual, tornando a rua num palco para uma inusual conjugação de significados críticos, políticos e intelectuais. Com curadoria de Mário Caeiro, a instalação é um desenvolvimento sítio-específico de uma instalação originalmente criada para o Projecto VICENTE em 2013, iniciativa transdisciplinar que desde 2011 reflecte sobre o sentido do mito e das narrativas relacionadas com São Vicente, o Santo Padroeiro de Lisboa.

Xana (n. 1959) é um dos mais importantes artistas portugueses. Representado num grande número de museus e colecções públicas, expõe desde 1981. É conhecido pela suas instalações efémeras que recorrem a texto e plásticos, e em que o excesso na cor, a repetição e a simplicidade têm a capacidade de comunicar experiências sensoriais e valores humanistas.


Travessa da Ermida

© 2011- 2013 Travessa da Ermida, todos os direitos reservados

made by:BuzzID